quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Descrevendo o mundo atual

Descrevendo o mundo atual

Eu queria escrever sobre a beleza,
Que observo na natureza,
Mas infelizmente só capto sua tristeza.

Queria passar o sabor da alegria,
Mas só descrevo a agonia,
De um poluído cotidiano dia.

Tento me inspirar no amor,
Mas minha leitura é de uma profunda dor,
Que se expressa em catástrofes ambientais,
Resultado de cenários artificiais.

Na verdade eu apenas descrevo o mundo natural,
Corrompido pelo mundo artificial.
Faço um relato para o futuro,

De um mundo que um dia foi puro.

Poesia extraída do capítulo III da obra "Reflexos de muitos momentos" que pode ser lidas no endereço:
http://www.issuu.com/kotovski/docs/reflexos_de_muitos_momentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário